terça-feira, 24 de março de 2015

Dentista leva orientações para crianças do IEI

Nesta terça-feira (24), durante os horários matutino e vespertino de funcionamento do IEI - Instituto de Educação Infantil Professora Maria do Carmo Leite Marinho, as crianças receberam o Odontólogo - Talles Giordano, que com o objetivo de orientar à elas sobre a importância da saúde bucal, levou informações sobre esse assunto, entre eles, o uso correto da escova de dente com uma palestra e prática educativa. 

Para Talles, a melhor técnica de escovação é aquela em que a pessoa é capaz de remover a maior quantidade de placa bacteriana e resíduos alimentares sem provocar danos aos dentes e as gengivas. Ele usou uma boca e uma escova demonstrativa para ensinar as crianças o modo correto de escovar os dentes. 

Na oportunidade, ainda foi realizada a triagem dos alunos, para aqueles que precisarem do atendimento se dirigirem até o Centro Odontológico do município. O atendimento das crianças do IEI ficou exclusivo para as terças-feiras. 







quinta-feira, 19 de março de 2015

IEI realiza primeira reunião de pais e mestres

Na última quinta-feira (19), o IEI - Instituto de Educação Infantil Professora Maria do Carmo Leite Marinho, realizou a primeira reunião de pais e mestres deste ano letivo do pré-escolar 3,4 e 5, com o objetivo de aproveitar esse primeiro encontro e criar laços. 

A Coordenadora - Adriana Freitas estendeu boas vindas ao pais que se fizeram presentes, afirmando o carinho e o zelo que toda a equipe do IEI estão tendo para com as crianças, no intuito de atender bem a todos os matriculados. Ela ainda falou mais acerca da adaptação dos alunos nessas primeiras semanas. 

Continuando esse primeiro momento do ano, Gleide Freitas ministrou uma palestra sobre a missão dos pais, enfatizando a incumbência deles na educação, que dependente de tudo, os pais estão sempre praticando a educação de seus filhos, desde o começo da vida, quando o comportamento dos pais podem influenciar a forma de como os filhos irão se relacionar com o mundo e as pessoas. 

Assim também acontece com a relação à educação formal, a criança precisa ter exemplos positivos para a formação de sua personalidade e de seu caráter. 

O Secretário de Educação - Gardrian Ferreira esteve presente nesta reunião e ressaltou a alegria de receber aqueles pais e assegurou a eles a dedicação e comprometimento que a equipe vem trabalhando para a educação de seus filhos, e disse estar totalmente seguro com o que está sendo desenvolvido neste ano letivo. 









Grupo de Gestantes do SCFV/CRAS

A Prefeitura Municipal de São Francisco do Oeste, através da Secretaria Municipal de Assistência Social - SEMAS, realizou nesta quinta-feira (19), mais um encontro com o Grupo de Gestantes, assistidas pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV e Centro de Referência da Assistência Social - CRAS.

Na semana passada, o grupo retornou com suas atividades, e receberam a Enfermeira - Fernanda Freitas, que além de debater bastante assuntos com as mesmas, frisou sobre o aleitamento materno. 

Considerada uma prática natural decorrente do parto, voltada para nutrir o bebê, sendo a alimentação necessária onde provê nutrientes para o crescimento e desenvolvimento do recém-nascido, até os seis meses de vida. 


Já hoje, foi a vez da Nutricionista do NASF - Taciana Feitosa ministrar uma palestra sobre a importância da alimentação saudável durante o período de gestação.

Segundo ela, durante a gestação, ocorrem diversas transformações físicas, psicológicas, hormonais e emocionais na gestante, e que fazem parte do processo natural do crescimento e desenvolvimento do bebê. Manter a alimentação equilibrada é a chave para evitar doenças, aumentar peso adequadamente e garantir um desenvolvimento saudável. 

Taciana também tirou dúvidas das gestantes e preparou recomendações e conselhos práticos sobre como ter uma alimentação saudável e adequada ao longo da gravidez. 





quinta-feira, 5 de março de 2015

REPRESENTANTES DE SÃO FRANCISCO DO OESTE PARTICIPAM DA I REUNIÃO REGIONAL EM PREPARAÇÃO PARA O FÓRUM ESTADUAL DOS SECRETÁRIOS E GESTORES MUNICIPAIS DO ESPORTE E DO LAZER DO RN.

Aconteceu no último dia 03 de Março de 2015 (terça-feira), na cidade de José da Penha/RN, no Espaço Cultural - Paulo Gomes da Silva, a I Reunião Regional em preparação para o Fórum Estadual dos Secretários e Gestores Municipais do Esporte e do Lazer do Rio Grande do Norte, com a presença do atual Secretário George Luiz Rocha da Câmara.
A Reunião contou com a participação de várias autoridades dos municípios vizinhos. Entre eles, estavam os representantes do município de São Francisco do Oeste/RN: Raimundo Wellitto -Secretário de Esporte, Lazer e Turismo, Gardrian Ferreira – Secretário de Educação e Cultura e Wallace de Caldas – Técnico Administrativo do Programa Segundo Tempo.
Na oportunidade, foi entregue ao Senhor Secretário, em primeira mão, o Calendário 2015 de Atividades Esportivas e Culturais da Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do nosso município. 
No Encontro, além da fala e esclarecimentos do Secretário George Câmara, foi apresentado o Calendário da Secretaria Estadual de Esporte e Lazer – SEEL para o ano de 2015.



*Salamandra News

NOTA DE ESCLARECIMENTO - CONSELHO TUTELAR

O conselho Tutelar de São Francisco do oeste como órgão permanente e autônomo, encarregado de zelar pelos direitos das crianças e adolescentes salienta seu compromisso com: a transparência, a verdade e a ética – princípios norteadores de suas ações que objetivam o desenvolvimento da boa prática em defesa dos interesses da sociedade, com sede à Rua Padre Carlos, nº 62 – Bairro: Centro – São Francisco do Oeste, R/N. Primeiramente, cumpre mencionar que no desempenho das nossas funções como Conselheiros Tutelares, sempre procuramos agir com zelo e dedicação não medindo esforços para tanto.

O Conselho Tutelar é um órgão que trabalha de maneira independente, ou seja, sua autonomia está relacionada com seu poder de decidir dentro dos limites institucionais e do cumprimento de suas atribuições bem definidas em lei, não estando subordinado a nenhum outro órgão. Suas decisões somente podem ser revistas pelo Poder Judiciário através de atividade Jurisdicional, que o Juiz examina, uma vez provocado pelo direito de ação e tem por objetivo zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e adolescente. O Conselho Tutelar sempre esteve e estará à disposição de toda comunidade para lhes atender, no que diz respeito às nossas reais atribuições, mas também exigimos respeito por se tratar de um órgão de grande importância.

Como conselheiros tutelares, desempenhamos uma tamanha responsabilidade naquilo que realizamos em prol da defesa das crianças e adolescentes, lidamos com pessoas e acima de tudo temos ética, mas com certeza o nosso trabalho nunca será bem visto por muitos pelo fato de não podermos expor os casos que temos conhecimento.  Exemplo: Muitos pais não todos jogam toda a responsabilidade em cima do conselho tutelar, cobrando para que os conselheiros façam o papel que é de função da família. “Sabe por qual motivo? Porque a população não conhece a real função do conselho. Então eles acham assim, ‘ah, conselho tutelar é para criança e adolescente’. O Conselho Tutelar zela pela proteção do direto da criança e do adolescente. Então, não é que a gente protege o adolescente, a gente protege o direito do adolescente. Muitas vezes ele mesmo fere o direito que é dele. Por exemplo, quando ele fala ‘ai, eu não quero ir para escola’, ele mesmo está prejudicando um direito que é dele, que é o de frequentar a escola”. Vale salientar que essa é uma luta contínua que não se restringe apenas a atuação dos conselheiros tutelares que não só zelam é abrangente faz com que os órgãos competentes executem suas ações. Ressaltamos ainda que o Conselho Tutelar não é um órgão que executa, é um órgão que “faz fazer”. “Ele cobra que cada um exerça sua função diante da criança e do adolescente.

Que a família exerça seu papel de família, a polícia da polícia, a escola da escola. Então é tudo uma engrenagem. Quando uma parte dessa engrenagem para de funcionar, aí entra o conselho. Aí o conselho vai orientar e requisitar o serviço para voltar a funcionar”. A maior dificuldade enfrentada pelo conselho tutelar hoje é, fazer com que a sociedade entenda a real atribuição do conselho. “O que é da família, nós não podemos interferir. O que é educação, moral, isso enquanto Conselho não podemos  interferir. Não adianta alguém querer falar que o conselho vai corrigir, porque não somos órgão de correção, e sim de proteção. Sempre que tiver para proteger o menor, não pegar no colo, passar a mão na cabeça, a gente protege as leis que são pertinentes a ele. O conselho é garantidor de direito. Quem cuida da pessoa é a família e a assistência social. Faltou escola, creche? “Aí atende as denúncias de maus tratos e violência física e psicológica”. Afirmamos que esse é um problema constante que aparece todos os dias. “Falou de criança e adolescentes, mais citados como “menores”, é tudo conselho tutelar. E não é. Conselho tem suas atribuições defendidas  no  ECA. Então o conselho não é para ir lá, pegar o menino e levar para a escola. Conselho tutelar vai focar. O pai não tem só que matricula, é função do pai, de acordo com o ECA, matricular e acompanhar a frequência e o aproveitamento escolar, por exemplo. Então, a grande dificuldade é o pessoal achar que o conselho faz tudo, e não é”. 

 Às vezes de um simples atendimento, de uma denúncia feita pessoalmente ou via telefone, o caso é direcionado a vários setores que fazem parte da chamada “rede de defesa” ou “rede de garantia”. “Exemplo, chegou uma situação de negligencia familiar. Aquela família está precisando ser acompanhada, pois ela tem uma quebra de vínculo familiar. Aí o que vamos acionar? O corpo que é a engrenagem que atua junto com a assistência social, que é o CRAS, e a assistência social. Precisa-se de um acompanhamento psicológico? Direciona-se para a saúde. Ou seja, tudo tem esse encaminhamento. Quando chega uma família que era totalmente desestruturada, não tem nenhum programa de ação que acompanha essa família, ela é encaminhada para uma série de ações. Conselho é o papel que vai dar esse suporte junto à rede que trabalha com esse intuito de ajudar essas famílias para que isso aconteça da melhor forma possível, para que essa família seja reestruturada. É o conselho que vai reestruturar? Não. Aí nós temos a assistência social, escola, saúde, toda a rede de defesa, ou de garantia”.

Para que o Conselho Tutelar possa exercer suas atividades no município, é importante que a população denuncie. “Se não chegam as denúncias, não tem como agir infelizmente, então precisamos que a sociedade denuncie, para que a gente consiga fazer nosso trabalho somente do ano 2014 até os dias de hoje foram registrados no total 128 atendimentos então pedimos a colaboração de toda população que se está vendo que uma criança está passando fome, sendo espancada, sendo maltratada tenha também a ação de ligar e comunicar ao Conselho Tutelar estamos sempre á disposição de todos para defender os direitos da criança e do adolescente conforme as nossas atribuições e  também exigimos respeito por ser um órgão de grande importância e acima de tudo temos  ética e  mantemos  o sigilo naquilo que fazemos. Daí  o motivo pelo qual  não somos bem vistos por muitos  pelo fato de não expormos os casos que tomamos conhecimento e tomamos providências cabíveis. Vale salientar ainda que essa é uma  luta contínua que não se restringe apenas a atuação dos conselheiros tutelares que são zeladores de direitos é mais abrangente e faz com que os órgão s competentes  executem suas devidas ações principalmente nos caso em que os direitos da criança e do adolescente forem violados seja pela família ,sociedade etc. 
As denúncias podem ser feitas na sede do conselho, localizado na Rua Padre Carlos, nº 62 bairro Centro ou pelo celular 9907- 4357. 

 Toda denúncia é uma denúncia anônima e é tomado o sigilo. Aproveitamos a ocasião para informar que nem todas as denúncias chegam ao conhecimento do Conselho Tutelar, é o que deveria...

Atenciosamente, 

Conselheiros Tutelares de São Francisco do Oeste.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Prefeitura de São Francisco do Oeste, através da Secretaria Municipal de Agricultura inicia corte de terra nas comunidades rurais do município.

A Prefeitura Municipal de São Francisco do Oeste, através da Secretaria Municipal de Agricultura, iniciou desde a última segunda-feira (23), o corte de terra para os produtores rurais do município. 

As chuvas que caíram nos últimos dias, banhando a cidade e a zona rural do município tem animado os agricultores que esperam por esse tempo chuvoso, visando fazerem suas plantações de feijão, milho, dentre outras. 

A partir do cadastro que é realizado na referida Secretaria, no horário de 07:00 às 13:00h, se custo nenhum para os trabalhadores rurais, a Prefeitura disponibiliza as máquinas agrícolas de modo igualitário. Com o cadastro, é elaborada uma agenda para que todos os agricultores do município sejam atendidos satisfatoriamente. 

"A nossa meta é atender todos os pedidos feitos por parte dos agricultores no tocante aos cortes de suas terras para o plantio, satisfazendo assim o homem do campo, e o ajudando nas suas atividades agrícolas", frisou a Prefeita Gildene Barreto.




quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Prefeitura de São Francisco do Oeste inicia obras de drenagem superficial e pavimentação de paralelepípedos de trechos em ruas dos municípios.

A Prefeitura Municipal de São Francisco do Oeste deu início na última segunda-feira (23), as obras de drenagem superficial e pavimentação de paralelepípedos em trechos das ruas contempladas nessa primeira etapa, que são: Rua Manoel da Rocha, Julimar Freire de Freitas e Franciscas Morais, totalizando 410 M² (Quatrocentos e dez metros quadrados). 

A obra é fruto dos esforços do governo municipal, através da gestão da Prefeita Gildene e sua equipe de trabalho, através de um convênio com o Governo Federal. Segundo cronograma da Prefeitura, a execução dos serviços de pavimentação em paralelepípedos, com drenagem superficial de via, dará melhores condições de acesso e bem estar. 

Moradores das localidades contempladas com a pavimentação já se manifestam de forma positiva com o início dos trabalhos e aguardam ansiosos a conclusão da obra que trará diversos benefícios, entre eles a diminuição da poeira, lama (em dias de chuvas), e melhor acessibilidade para a circulação de pessoas e tráfegos de veículos. 

"Uma das maiores preocupações de um gestor é a qualidade do trabalho prestado à comunidade, e estamos trabalhando para melhorar a qualidade de vida das nossas famílias através de ações como estas. Estamos trabalhando pelo bem comum, e demonstrando o compromisso que a gestão tem desde o início de 2012, com trabalho e transparência, e em breve estaremos divulgando outras ações e investimentos que estarão sendo realizadas pelo bem comum da população de São Francisco do Oeste". Declarou a Prefeita Gildene Barreto

*Assessoria de Comunicação.